26 de ago de 2008

que.

que minha loucura seja perdoada e minha fé, abençoada. minha mania de perseguição relevada, e meu esquecimento crônico... esquecido.
espero, do fundo do meu coração... que minha carência seja extinta e minha desorganização, organizada.
que ao menos metade dos meus sonhos se realizem, que eu não perca a esperança, que exista em mim pra sempre... uma criança.
que a força esteja sempre comigo e que eu preserve, pelo menos, um amigo.
que meu medo, seja bobagem e qualquer insegurança, uma viagem.
desejo que meus sorrisos, sejam sinceros... lá do fundo... lá da alma.
desejo pregar peças. desejo distribuir abraços. desejo boas gargalhadas.
que meus amores, existam. que o impossível me faça correr atrás. que as lembranças, não sumam.
que eu, enfim me perca. que eu enfim encontre. que eu enfim, permita.
que eu viva a minha vida, sem ensaios. sem rascunhos nem rodeios.
que meus desejos se realizem. que certas palavras, se profetizem... e que o amanhã naturalmente aconteça.
que eu ultrapasse os obstáculos... trace metas e cumpra alguns objetivos.
que a saudade não doa tanto. que a loucura aconteça, as vezes.
que os erros, sejam perdoados. as risadas frequentes. os carinhos, sinceros.
os amigos, verdadeiros...
e que, tudo e todos que já cativei... estejam realmente cativados.
e que eu, enfim me torne responsável por cada um deles.



Por Jéssika Atademos



(baseado no texto "Metade" de Oswaldo Montenegro)

3 comentários:

Pleiba disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pleiba disse...

Olá, Td bem?
Bem vinda! seu blog ficou mto bom, parabéns viu \o/!
td de bom pra ti! vou sempre dar uma passada por aki blz?
Vc citou carência no post. né? te digo uma coisa: carência, uma luta q estou enfrentando, uma guerra hehehe mas olha estou ganhando heinnn rsrs.
Inté
Bem vinda! <:-)

Jose Paulo disse...

A-ha! Eu li esse texto em primeira (ou uma das primeiras) mão!
Sucesso pro brógui, Jééééééé!

Beijos do Zééééé