4 de jul de 2010

ex-nós.


e
sem
espaço,
sufoco.
num
direto

não
mais
linear.
nas
linhas
tortas
dos
destinos
que,
amém,

não
se
cruzam
mais.

e,
sem
espaço
pro
teu
abraço,
sorrio,
suspiro,
desfaço...
um
laço
não
nosso.
um
laço
que
cego,

meu,
diz
que
fiz.

mas,
amém,
hoje...
nos
desfiz.

Nenhum comentário: