16 de set de 2008

bocatua, vontademinha.

tua boca.
tem veneno.
que vicia
que confude.
que transborda.

tua boca
tem gosto
que chama
que ascente
chama.

uma boca
que é remédio
que é doença
e cura.

boca que ensina saudade
que tira sorriso
que cala
que sente.

que faz.
desfaz.

boca que traz
à tona
mar de sentimentos e rios de confusões

boca que machuca
que falta
que estuda
e que sabe.

boca.
não só boca.
boca, que se faz em corpo.

que entende
que não promete
e cumpre.

boca que tem poder.
palavras.

boca, que quando distante.
é boca que falta
que faz.

boca, que quando perto
é viagem
que leva.

céu, inferno.
segundos.

boca, que é tua.
na boca que é minha
é tudo que eu tive
mas na verdade, não tinha.

_____________________________________________

palavras, antigas ou não...
que, ao serem jogadas procuram fazer algum sentido.

(nem sempre conseguem)

J.A.

2 comentários:

Anônimo disse...

Palavras assim.. Novas ou antigas.. Jogadas ao vento pra ver se faz realmente algum sentido pra tudo..

Por fim, medo..
Nem mais, e nem menos..
Apenas medo..

Textos sempre.. perfeitos..
E obrigado pelas palavras de hoje..

Beijos! :*

Anônimo disse...

IUAHDIUHADS!, vou comentar de novo no mesmo texto que é diferente! Hã, hã! Pegou?..

Li tantas bocas, que fiquei até com vontade.. de beijo!.. Até babei de vontade.. uahuahau!..

Gostei do texto.. é. simples.. é.. sensual.. oO. sim!.. é cativante.. é interessante.. Como sempre, bem escrito.. e ainda bem que não tem socos e murros nesse.. :x

=* béso!