5 de fev de 2009

completa mente.



me desculpem, os com juízo.
que da vida nada sabem.

que aos desejos, não se entregam, e
a saudade, sempre negam.

os ajuizados, que me perdoem.
perdí, matei o meu juízo.
hoje ando no chão liso,
pra cair e levantar.

quer saber?
que perdão, que nada.
eu sou mesmo culpada.
uma completa.
uma mente desajuizada.

Nenhum comentário: